post-thumb Existe evidência de fraude nas eleições presidenciais brasileiras de 1994 a 2018?

.math { font-size: small; } span.math span { font-size: 100% } -- Nesse post discutiremos se há evidência estatística de fraude nas eleições presidenciais brasileiras, entre os anos de 1994 a 2018. Para isso serão aplicadas duas técnicas estatísticas comummente utilizadas para detecção de fraudes em eleições : a Lei de Benford e o gráfico da impressão digital. Introdução Nas últimas semanas escrevi dois posts (post1 e post2) sobre a possível fraude nas eleições presidenciais bolivianas de 2019.

Ver post
post-thumb Uma análise 'imparcial' das evidências de fraude encontradas na eleição presidencial da Bolívia

Neste post discutiremos a polêmica evolvendo a eleição presidencial da Bolívia e as evidências apresentadas, tanto a favor quanto contra a existência de fraude. Introdução Há algumas semanas escrevi um post sobre a eleição boliviana, no qual discuti anomalias estatísticas que podem ser causadas por fraudes eleitorais. Naquele momento ainda havia muita indefinição sobre o resultado da eleição, pois a contagem de votos não havia terminado. Muitos eventos importantes transcorreram após a publicação desse post; então decidi retornar ao tema para rever as evidências estatísticas de uma possível fraude.

Ver post
post-thumb Existe "evidência" de fraude na eleição presidencial da Bolívia?

Nesse post discutiremos a eleição presidencial boliviana e as possíveis fraudes sendo denunciadas pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e pela oposição do atual presidente Evo Morales. Analisaremos os resultados das pesquisas eleitorais bolivianas e também dados da eleição, utilizando algumas análises estatísticas para tentar detecar possíveis fraudes na eleição. Introdução No domingo passado, dia 20 de outubro, foi realizado o primeiro turno da eleição presidencial na Bolívia. Antes da realização da eleição em si, havia muita polêmica a respeito da candidatura do atual presidente Bolíviano Evo Morales, que concorre ao seu quarto mandato consecutivo.

Ver post