Panorama eleição presidencial 2022

Para mais detalhes vire o celular

Corrida presidencial

Explicação das corridas

No Brasil, tradicionalmente, os Institutos de Pesquisa avaliam diferentes cenários eleitorais (de 1º e 2º turno), onde os nomes dos potenciais candidatos (de cada cenário estimulado) são apresentados aos respondentes, os quais devem dizer em quem votariam dentre as opções disponíveis. As animações apresentadas no site representam a média da intenção de voto de cada candidato, em todos os cenários nos quais ele é considerado.

Cenários eleitorais

Explicação dos cenários eleitorais

Os cenários eleitorais são muito úteis para avaliar o potencial eleitoral de cada pré-candidato. Porém se o interesse é em prever o resultado de uma eleição, as pesquisas/cenários são mais úteis quando estamos próximo a data da eleição. Quando estamos mais distantes da data do pleito, os níveis de desconhecimento, indecisão e votos não-válidos das pesquisas são muito elevados, fato que compromete bastante a qualidade das previsões. Nesses casos, é melhor utilizar um modelo baseado em dados de outros ciclos eleitorais, como o modelo de previsão da chance de reeleição do Bolsonaro apresentado nessa página.

Avaliação do Bolsonaro

Explicação das medidas de avaliação

O modelo que calcula a chance de reeleição do Bolsonaro é baseado na aprovação (Aprova/Desaprova) pois na maioria dos países essa é a principal medida utilizada para avaliar o governo. No Brasil, entretanto, apesar da aprovação também ser utilizada, a medida mais frequentemente utilizada pelos Institutos de Pesquisa é a avaliação (Ótimo/Bom/Regular/Ruim/Péssimo). Por esse motivo o PollingData acompanha as duas medidas: se a última pesquisa de aprovação for recente, essa informação é utilizada para atualizar as chances de reeleição; porém se a pesquisa mais recente for de avaliação, ela é convertida em aprovação para ser utilizada na atualização do modelo de reeleição.

Chance de reeleição do Bolsonaro

Explicação do modelo de reeleição

O modelo que calcula a chance de reeleição do Bolsonaro é baseado nos resultados de mais de 70 eleições nacionais, de 35 países, que ocorreram desde 1934 até hoje. A importância desse modelo é que ele permite o calculo dessa probabilidade em situações de pouca informação (ou em momentos muito distantes da data da eleição). Ele é parcimonioso pois somente considera a aprovação atual do governo e se o candidato do governo busca a reeleição ou a sucessão. Nesse link há uma explicação técnica do modelo, mas em breve disponibilizaremos mais informações.

Viés metodológico (avaliação)

Explicação do viés metodológico

O PollingData utiliza um modelo de agregação simples, porém útil, para converter os resultados de todas as pesquisas divulgadas na mídia em estimativas diárias, sensatas, da intenção de voto (ou aprovação). Esse modelo além de levar em conta a dinâmica eleitoral, também considera outro fator muito importante: o viés metodológico dos Institutos de Pesquisa. Ou seja, esse modelo permite estimar o quanto as pesquisas de um determinado instituto estão acima ou abaixo da média do mercado (de pesquisas). Esse viés é inevitável, e ocorre por causa de diferentes escolhas metodológicas que são tomadas por cada instituto, como qual modo de entrevista usar, como desenvolver o questionário, como treinar da equipe de entrevistadores, como ponderar os resultados da pesquisa entre outras escolhas (nesse post discutimos com alguma profundidade como são feitas as pesquisas de opinião).


Pesquisas analisadas nesse ciclo eleitoral: 216
(de 16 institutos de pesquisa)
.
Pesquisa mais atual: 20/09/2021.


+55 (19) 99889-3939
Não encontrou os resultados de alguma pesquisa no site? Avise a gente!
Quer entender um pouco mais sobre imparcialidade na divulgação de informações? Acesse esse post .